FGTS inativo incrementa faturamento do comércio em março

14

JUNHO, 2017

Notícias

Quatro dos dez segmentos do varejo nacional pesquisados pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) foram beneficiados, no mês de março, pela injeção de R$ 2,65 bilhões provenientes das contas inativas do FGTS. Vestuário e Calçados recebeu R$ 1,19 bilhão desses recursos, seguido por Materiais de Construção (R$ 594,4 milhões), Móveis e Eletrodomésticos (R$ 530,2 milhões) e Farmácias, Perfumarias e Cosméticos (R$ 337 milhões). De acordo com a Caixa Econômica Federal, este montante corresponde a 48% dos R$ 5,5 bilhões que foram sacados em março, 6,2% das vendas mensais desses segmentos e 54% do faturamento em um dia de vendas.

Em consequência, dados do IBGE apontaram para alta nas vendas do período em três destes setores: Vestuário e Calçados (+11,7%), Móveis e Eletrodomésticos (+10,5%), Materiais de Construção (+ 9,4%). Farmacêuticos, Cosméticos e Artigos de Perfumaria, no entanto, apresentou queda de 1,8%.

CDL POA

Rua Senhor dos Passos, 235 - 1º andar
Centro Histórico - Porto Alegre/RS
CEP 90020-903

(51) 3017 8000

[]
1 Step 1
NEWSLETTER
Previous
Next