Saques do PIS representam injeção significativa na economia

27

JULHO, 2018

Notícias

A estimativa da CEF é de que R$18,1 bilhões sejam destinados a 23,5 milhões de trabalhadores

A economia gaúcha conta com uma injeção de recursos a partir desta quinta-feira (26). Os trabalhadores poderão, a partir desta data, sacar o abono salarial, referente ao ano-base de 2017. A estimativa é de que sejam destinados R$ 18,1 bilhões a 23,5 milhões de brasileiros. Além disso, foi prorrogado, até 30 de dezembro, o prazo para o pagamento do abono salarial referente ao ano-base de 2016.

Nesta sétima fase de pagamentos, que teve início em janeiro deste ano, 165.702 gaúchos têm o direito de sacar R$ 256,2 milhões. Os dados são da Caixa Econômica Federal (CEF). “Isso representa uma injeção significativa de dinheiro em uma economia que ainda sofre com as consequências da crise econômica”, afirma o presidente da CDL POA, Alcides Debus.

Para o presidente, a crise das contas públicas, o cenário político conturbado e a recuperação econômica lenta são fatores que tendem a deixar o consumidor mais retraído. A injeção financeira pode, principalmente, ajudar quem está com contas em atraso. “No caso do inadimplente, o valor do saque possibilitaria a regularização de seus débitos, e permitiria, mais uma vez, o acesso ao crédito”, explica.

A expectativa é de que, com a melhora da economia e um cenário político mais claro, a incerteza no mercado diminua, o que incentiva o aumento do consumo.