fbpx

CDL POA estima crescimento de até 2,7% para o Dia das Crianças de 2019

10

OUTUBRO, 2019

Notícias

Com ticket médio de R$ 232 por presente, 47% dos entrevistados deverão realizar a compra nesta semana

Estudo da Câmara de Dirigentes Lojistas de Porto Alegre (CDL POA) – realizado pela Assessoria Econômica da Entidade – mostrou que o Dia das Crianças deste ano deverá impactar em uma movimentação financeira entre 1,7% e 2,7% superior ao mesmo período do ano passado. Já o ticket médio do presente subiu 15% em relação a 2018 e foi estimado em R$ 232, de acordo com levantamento encomendado pela CDL POA a Vitamina Pesquisa. Os dados também mostram que 47% dos entrevistados irão comprar o presente na semana do dia das Crianças.

Brinquedos seguem como o presente mais desejado, com 56% das intenções de compra, seguido de roupas (21%) e dinheiro em espécie (5%). De acordo com a pesquisa, a maioria das compras deverá ser paga à vista, sendo 44% em dinheiro e 31% no cartão de débito. Outros 16% pretendem comprar com cartão de crédito parcelado; 6% com cartão de crédito em uma única parcela; 2% no prazo, em cartão da loja ou no crediário, e 1% à vista em cheque.

“Tais projeções são consistentes com a evolução recente da economia, cuja retomada ainda é gradual. Por outro lado, acreditamos que os primeiros saques parciais das contas inativas do FGTS, a inflação estável e o efeito defasado da redução na taxa Selic sobre o nível de atividade são os principais elementos positivos no curto prazo”, explica o economista-chefe da CDL POA, Oscar Frank.

O estudo mostrou que o ticket médio dos meninos é superior ao das meninas: R$ 240,74 contra R$ 213,26. Também foi verificado que os homens, as pessoas com idade entre 35 e 49 anos e os integrantes da classe B são os mais dispostos a gastar. A média de presentes adquiridos por consumidor ficou em 1,8. Filhos (41%), afilhados (26%), netos (15%) e sobrinhos (13%) lideram o ranking de quem deverá ser presenteado na data.

“Esta é a data comemorativa que apresentou maior aumento do ticket médio em relação aos anos anteriores. Tomando como base os demais estudos que fizemos em 2019, observamos que o Dia das Mães e o Dia dos Namorados aumentaram o valor dos presentes em menos de 10%, enquanto no Dia dos Pais o percentual até recuou”, explica o presidente da CDL POA, Alcides Debus.

 

CLIQUE NA APRESENTAÇÃO e veja o estudo de comportamento e hábitos de consumo da Geração Alfa na Capital: