CDL POA mantém atuação com os funcionários operando de suas casas

02

ABRIL, 2020

Notícias

A vida profissional mudou totalmente. Inspire-se para continuar produzindo.

O escritório da Câmara de Dirigentes Lojistas de Porto Alegre, a CDL POA, na rua Senhor dos Passos, no Centro Histórico, está vazio. Os seus 140 funcionários estão trabalhando em home office. A entidade, acima de tudo, entende que também precisa dar exemplo aos associados.

O novo presidente, Irio Piva, que é CEO da Elevato, revela que a última reunião presencial da diretoria ocorreu no início do alastramento da pandemia no Estado. A partir dali, tudo passou a ser a distância. Até a posse dos gestores, agendada para 19 de março, foi cancelada.

“É o momento de tentar manter as coisas funcionando, mas seria egoísmo promover um evento festivo”, interpreta Irio.

A questão do coronavírus mudará, também, temporariamente, a relação da CDL POA com os associados, com mais interações virtuais.

“Criamos um comitê de crise, pois as pessoas esperam posicionamentos da entidade. Sob o ponto de vista de orientação de negócios, somos como a área da saúde. Temos que cuidar da saúde dos negócios, pois, se a economia parar completamente, teremos um problema de saúde pública e de falta de oportunidades e de emprego. Sem renda, as pessoas podem passar fome. Isso também é uma responsabilidade nossa. Temos que encontrar jeitos diferentes de resolver os problemas”, pontua Irio.

A pandemia gerou, inclusive, mudanças de processos dentro da CDL POA. O setor de cobranças foi um dos afetados. “Não é hora de ligar para cobrar alguém. Estamos trabalhando no sentido de oferecer ajuda, entender o que pode ser feito para resolver um problema financeiro”, diz o superintendente Maico Renner.

Fonte: Jornal do Comércio – Edição Imprensa no dia 2 de abril de 2020 / Caderno Geração-e

 

___________________________________________________

A CDL Porto Alegre reafirma seu compromisso em acolher as necessidades dos varejistas, auxiliando-os a transpor os entraves da disseminação do coronavírus. A Entidade tem a convicção de que a unidade do setor fará grande diferença neste momento tão delicado e de apreensão para todos. Com a atenção e a disponibilidade de cada empresário, para fazer a sua parte, o setor sairá ainda mais forte desta crise.