fbpx

CDL POA participa do Mutirão para Renegociar Dívidas promovido pelo Procon Porto Alegre

17

JULHO, 2019

Notícias

Nesta quarta-feira (17), os porto-alegrenses tiveram a oportunidade de regularizar suas dívidas junto às instituições financeiras. A Procon Porto Alegre realizou o 5º Mutirão de Renegociação de Dívidas. Das 10h às 16h, representantes do Santander, Banco do Brasil, Banrisul, Cejusc, Bradesco, Crefisa, Itaú, Claro, Tim, Vivo, Oi, Caixa Econômica Federal e CDL POA estiveram presentes na sede do Procon, na rua dos Andradas, n° 686.

Segundo a diretora executiva do Procon Porto Alegre, Fernanda Borges, a proposta do evento é viabilizar a renegociação ou até mesmo, a quitação de dívidas. “Considerando a grave situação de endividamento em todo o Brasil, o Procon possui entre as suas competências planejar, elaborar e propor políticas de proteção e defesa dos direitos e interesses do consumidor”, explica a diretora.

Para o vice-presidente da CDL POA, Carlos Frederico Schmaedecke, a Entidade varejista cumpre seu propósito de estimular a queda dos índices de inadimplência na Capital: “Hoje, tivemos disponível um guichê para atendimento ao público, com consulta de CPF e possibilidade de renegociação com 17 empresas associadas. Entendemos que a quitação de débitos propicia a concessão de crédito de forma equilibrada e benéfica para o consumidor e o varejista, além de estimular a movimentação da economia como um todo”.

No evento, os consumidores também foram orientados sobre como é possível negociar débitos com empresas que participam do portal www.consumidor.gov.br. Para efetivar o processo pelo portal, o consumidor precisa ter uma conta de e-mail válida e realizar o cadastro no site. Após acesso, é possível selecionar a empresa e/ou instituição financeira com a qual pretende negociar a dívida informando no campo “problema” a opção “dificuldade na renegociação/parcelamento de dívida”. O usuário deve ter em mãos a documentação relacionada ao débito/dívida e uma previsão de valor que possa desembolsar mensalmente.