CDL POA realiza o Zoom Transformação Digital

28

SETEMBRO, 2017

Notícias

O futuro já chegou para o varejo. Para ajudar os empresários do segmento na complicada tarefa de acompanhar a veloz evolução da tecnologia e direcioná-la aos negócios, a CDL Porto Alegre realizou, na manhã desta quinta-feira (28), o Zoom Transformação Digital. O presidente da CDL POA, Alcides Debus, deu as boas-vindas ao público presente e agradeceu, especialmente, a presença de Entidades Parceiras de cidades como Passo Fundo, Estrela e Cachoeira do Sul. “O Zoom é um evento importante para todos, pois os participantes sempre saem daqui com dicas relevantes para complementar o seu negócio”, garante Debus.

O sócio-diretor da Oasis Lab by Distrito, Jorge Inafuco, mostrou como os exemplos das gigantes do varejo servem também para os negócios menores. “Pesquisas recentes mostram que a digitalização se confirma como uma vantagem competitiva. Por isso, é fundamental estar de olho nas tendências e arriscar, pois o varejo 4.0 junta a experiência de balcão com o e-commerce. Lembrando que a venda online não é só para as maiores do setor.”

 

Em seguida, o executivo líder da área de Soluções de Indústria para os mercados de Varejo e Indústrias de Bens de Consumo da IBM Brasil, Enio Garbin, falou da revolução digital no varejo cognitivo. “Estamos em plena metamorfose  tecnológica e precisamos entender o impacto que isso gera sobre os produtos e serviços que estamos oferecendo. A partir da união da venda física e online, o comércio se movimenta em um novo mercado que não quer desperdício, é rápido e exige que a gente o acompanhe. Não há canais, o cliente é o canal”, resume Garbin.

Após o intervalo, Bruno Primati tratou da interação entre os clientes contemporâneos e as organizações. Na avaliação do diretor Consumer da TOTVS, o principal trunfo das empresas atuais está no conhecimento do seu público consumidor. “Ele quer participar, quer ter seus desejos atendidos. Por tanto, busque conhecê-lo melhor. Há diversas ferramentas que permitem cadastrá-los, interagir e apresentar as melhores opções de compra. Seja mais assertivo com o seu consumidor”, destaca.

Último palestrante a subir ao placo, o CEO da Brazil Fast Food Corporation (BFFC) – que compõem Bob’s, Yoggi, Pizza Hut e a marca KFC –, Ricardo Bomeny, usou a rede de fastfood Bob’s para exemplificar os impactos da utilização da tecnologia nos negócios. “Nosso recente reposicionamento da marca começou com a transformação digital. Para isso, fizemos uma ampla revisão nas nossas ações e colocamos o consumidor no centro da decisão. Hoje, usamos sistemas online para nos comunicar com o público, mas eles também estão presentes na nossa cozinha. Assim damos mais liberdade de escolha ao nosso cliente, agilizando a sua experiência de consumo, por meio de totens e de app de autoatendimento, e personalizando os nossos produtos”.

Para encerrar, o vice-presidente de Marketing e Relações Internacionais da CDL POA, José Roberto Resende,  comandou uma rodada final com os palestrantes, que deram soluções práticas, de baixo investimento e executáveis em curto prazo para o varejo:

1 –  Use um aplicativo para venda, próprio ou por Market Place, pois ele é muito necessário.

2 – A percepção de pedir em casa mudou. Reveja o seu delivery, mas não deixe de oferecer esta opção aos seus clientes.

3 – Conheça o seu consumidor. Tenha um cadastro deles, monitore suas redes sociais.

4- Entenda o que o seu cliente quer. Convide-o a participar do seu projeto.

5 – Procure a tecnologia que se enquadre ao orçamento da sua empresa. Comece pequeno, mas comece rápido.

6 – Atente-se para o fato de que o mundo é móvel e está no celular. Todas as soluções de varejo passam por ele.

7 – Crie um grupo de transformação digital na sua empresa.

8 – Busque programas de fidelidade (crie um próprio ou busque empresas que o façam).

9 –  Crie a cultura digital nos seus colaboradores. Crie redes de acessos entre colegas.

10 – Cuide da sua operação.  Se não tiver essa base bem feita, de nada adianta a tecnologia.