fbpx

Classe D e 60+ darão presentes mais caros neste Dia dos Namorados

04

JUNHO, 2019

Notícias

Entrevistados apontam “companheirismo” como a principal característica que os relacionamentos devem ter nos dias de hoje

Os apaixonados presentearão mais no Dia dos Namorados deste ano, 57% irão às compras na semana do dia 12 de junho e investirão cerca de R$ 217,00. Em 2018, o ticket médio foi de R$ 193. O destaque ficará com os presentes entre R$ 101 e R$ 200, que somam 43% das intenções de compra e mostram um incremento de 6 p.p. em relação ao último ano. É o que mostra o estudo da CDL Porto Alegre, encomendado à Vitamina Pesquisa para a próxima data comemorativa de 2019.

Roupas (33%), perfumaria (20%), acessórios (8%), calçados (7%), flores (7%), livros (7%) e joias (4%) estão entre os itens preferidos dos entrevistados. Mais do que presentear, a data inspira presentes com memória afetiva e que estimulem uma experiência a ser vivida. Para a maioria dos entrevistados, viajar a dois é a atividade perfeita para o Dia dos Namorados, unindo o desejo do presente com a companhia da pessoa amada. Durante a pesquisa, os porto-alegrenses também foram estimulados a definirem em uma palavra os relacionamentos atuais, o significado mais citado espontaneamente foi companheirismo.

Já as comemorações para a data atenderão a todos os tipos de enamorados: crushes, namorados e casados sairão para jantar (47%), trocarão presentes (36%), farão algo especial em casa (26%) e embarcarão em uma viagem (10%). O mesmo percentual de casados (45%) e namorados (45%), aliás, afirmou que irá comprar uma lembrança para comemorar a data – também nas relações mais duradouras, os entrevistados dizem valorizar as demonstrações concretas de afeto. “Cada vez mais, o ato de presentear precisa ter um significado tanto para quem compra uma lembrança quanto para quem recebe”, explica o presidente da CDL Porto Alegre, Alcides Debus.

No que se refere ao investimento, a pesquisa mostra que a classe A irá gastar mais, em média, R$ 302,03. Já a classe D surpreende com presentes de R$ 249,03 – valor superior aos R$ 176,22 da classe C e aos R$ 141,98 da classe B. Neste ano, o público 60+ terá o maior ticket entre as faixas etárias consultadas, com R$ 202. E, quando a troca de presentes é entre pessoas do mesmo sexo, (9% dos entrevistados), os namorados têm maior participação do que os cônjuges, 14% e 4% respectivamente.

De acordo com o estudo técnico do economista-chefe da CDL Porto Alegre, Oscar Frank, o varejo de Porto Alegre deve registrar movimentação financeira 2,8% superior à do ano passado. “Esse percentual considera a evolução recente da massa de salários, bem como a atual conjuntura econômica permeada pela fraqueza do mercado de trabalho, pela aceleração geral do nível de preços e pela estabilização do mercado de crédito”, destaca o economista-chefe.