fbpx

Recorde de público marca Retail Trends – Futuro do Varejo, em Porto Alegre

22

MARÇO, 2019

Notícias

Evento discutiu a aplicabilidade das tendências apresentadas na maior feira do varejo mundial, a NRF 2019 – Retail’s Big Show, realizada em Nova Iorque

 O Teatro da Unisinos recebeu lotação máxima, na tarde desta quinta-feira (21/03), quando foi realizado, com organização da GS&MD – Conteúdo e Relacionamento e correalização da CDL Porto Alegre, o Retail Trends – Futuro do Varejo. Focado no debate sobre a aplicabilidade das tendências apresentadas na NRF 2019 – Retail’s Big Show, promovida de 11 a 17 de janeiro, em Nova Iorque, o road show “Retail Trends”, que já passou por Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo, reuniu cerca de 400 pessoas em Porto Alegre – o maior público do evento fora da capital paulista, que teve mais de mil participantes.

Presidente da CDL Porto Alegre, Alcides Debus abriu o evento dando as boas-vindas e ressaltando a parceria com a Gouvêa de Souza para realização de um debate sobre o que os varejistas observaram, nos Estados Unidos, durante a maior feira do varejo mundial. “A CDL POA tem no seu DNA a inteligência a serviço dos negócios e a busca incessante por inovação. Por isso, neste evento, a Entidade se alia à Gouvêa de Souza para compartilhar com seus associados e entidades parcerias as melhores e mais relevantes informações do mercado internacional”, ressaltou Debus.

Na sequência, quatro palestrantes se alternaram apresentando e discutindo as tendências do varejo para segmentos e setores como materiais de construção, e-commerce, franchising, eletromóveis, farmácia, alimentação, conveniência, venda direta e shoppings. Em um curto espaço de tempo, segundo eles, todos os mercados deverão reorganizar suas estratégias em função do comportamento do consumidor. Para 2025, por exemplo, a previsão é de que entre 20% e 30% das redes de materiais de construção realizem fusões ou aquisições em seus negócios. Além disso, a indústria falará muito mais diretamente com o consumidor.

Na primeira palestra “A evolução do varejo e do consumo, e as previsões para 2025”, o sócio-diretor da GS&Consult, Alexandre Van Beek, e o sócio-diretor da GS&Up, Caio Camargo, pontuaram que, na perspectiva do e-commerce, a tendência dos próximos anos é de que 85% das transações aconteçam dentro do mobile. Além disso, o setor da alimentação será o maior protagonista nas vendas online. “Os canais digitais serão cada vez mais utilizados para as compras obrigatórias, e as lojas físicas ficarão destinadas às descobertas, ao prazer e ao consumo do desejo”, explicou Camargo.

Em um contexto em que as lojas físicas passarão a desempenhar outras funções, a segunda e a terceira palestras da tarde – Blended Retail, o Novo Varejo aplicado no PDX, conduzida pelo sócio-diretor da GS&Malls, Luiz Alberto Marinho; e New Retail – As tendências que englobam o novo varejo e os melhores cases das visitas técnicas de Nova Iorque, apresentada por Van Beek, que já havia falado no evento – ressaltaram as tendências para os pontos de venda. As lojas físicas, bem como as marcas, devem saber identificar as demandas do consumidor e não podem perder de vista a transformação digital e os impactos trazidos por ela.

O último bloco de palestras ocorreu após o Momento Networking, que proporcionou a troca de experiências entre os participantes do Retail Trends, durante um coffee break. Admirável varejo novo: a tecnologia como meio para alcançar novos resultados e exemplos aplicados de uso da realidade virtual e realidade aumentada no varejo, com Caio Camargo e Ricardo Ramos, sócio-diretor da GS&XtremeVR, abordaram a aplicabilidade da tecnologia no dia a dia do varejo. “Há dez anos, ninguém poderia prever que nós usaríamos a internet como usamos hoje”, destacou Ramos, pontuando que é impossível prever, hoje, os limites de utilização das realidades virtual e aumentada no varejo.

Coube a Luiz Alberto Marinho voltar ao palco, no fim da tarde, para a última palestra da programação: Propósito: a gente não quer só comida. Ao apresentar cases de empresas como Gillette e Nike, Marinho argumentou que o consumidor, hoje, quer muito mais do que apenas um produto. “É importante ir além do que se vende”, afirmou, destacando que ter um propósito claro, coerente e adequado à realidade da marca, no fim das contas, pode ajudar a vender mais.

No fechamento do Retail Trends – Futuro do Varejo, foi realizado um debate entre o presidente do LIDE RS, Eduardo Fernandez; o presidente das Lojas Lebes, Otelmo Drebes; o presidente do Senff, Leopoldo Senff; e o vice-presidente da CDL Porto Alegre, José Roberto Resende. Eles destacaram os principais pontos discutidos durante a tarde e deram exemplos da aplicabilidade das tendências do varejo mundial em seus negócios. Resende, que já integrou diversas vezes a comitiva da CDL Porto Alegre na NRF Retail’s Big Show, e esteve recentemente em Nova Iorque, destacou a importância dos aplicativos como diferenciais de mercado. “Eles deixaram de ser facilitadores para serem ferramentas de engajamento”, pontuou, apresentando cases de sucesso como as lojas da Nike e da Amazon Books, em Nova Iorque, cuja experiência de compra está totalmente baseada nos aplicativos.

Parceria CDL Porto Alegre e Gouvêa de Souza

Com forte know how, construído ao longo de mais de cinco décadas de atuação no mercado, a CDL Porto Alegre contribui para o crescimento do varejo gaúcho com a entrega de análises consistentes de dados, inteligência e conhecimento. A parceria com a Gouvêa de Souza, para realização do Retail Trends – O Futuro do Varejo, traduz o propósito da Entidade: proporcionar entrega de conhecimento qualificado a seus associados e entidades parcerias, com as principais tendências do varejo mundial. Além dos sócio-diretores da Gouvêa de Souza, palestrantes no evento, o corpo diretivo da CDL POA também esteve presente. Junto ao presidente, Alcides Debus, Otelmo Drebes e José Roberto Resende, vice-presidentes da Entidade, participaram como painelistas. Os vice-presidentes Írio Piva, Octávio Scheibe, Nilva Bellenzier, Carlos Frederico Schmaedecke e Sérgio Galbinski, e os diretores Carlos Klein, Ana Cláudia Bestetti e Edson Borba, também prestigiaram o evento.