fbpx

Varejo do RS teve o quarto maior avanço de vendas do país em julho

11

SETEMBRO, 2019

Notícias

Lojas de roupas e calçados puxam o resultado de longo prazo do indicador

A venda do varejo gaúcho teve um crescimento interessante em julho, com o quarto maior percentual do país. O comércio do Rio Grande do Sul começou o terceiro trimestre do ano com um avanço de 1,9% sobre junho. O indicador de volume de vendas do IBGE já traz o ajuste sazonal.

Com isso, atingiu um patamar de 104,8 pontos, que é o melhor do ano. O crescimento também foi maior do que a média nacional, que trouxe avanço de 1%, com o Mato Grosso liderando o ranking (+5,4%). Houve um ajuste no dado de junho do Rio Grande do Sul, apontando um pequeno crescimento, de 0,4%, sobre o mês anterior.

Sobre julho do ano passado, o crescimento é de 8,5%. Em 12 meses, o avanço nas vendas é de 3,7%. O bom desempenho é puxado pelas lojas de tecidos, calçados e vestuário. É o único segmento com avanço de dois dígitos nas duas comparações.

RS tem três meses de queda nas vendas do varejo, segundo CDL a demora da chegada do frio tem relação com a baixa

Dados regionais do IBGE, divulgados nesta quarta-feira (11), mostram que o Rio Grande do Sul já tem três meses de queda nas vendas do varejo. Segundo análise da CDL POA, a demora da chegada do frio tem relação com o baixo faturamento das vendas. Nacionalmente, há uma expectativa de que, também, o mês não venha muito bem, e isso reforça a possibilidade de que o Comitê de Política Monetária do Banco Central reduza, na semana que vem, a taxa de juros – Selic, taxa referência da economia brasileira. Isso porque a redução do juro no país tende a estimular o crédito e a dar um impulso na economia. Além disso, a inflação segue fraca, apesar do dólar alto.

Fonte: Giane Guerra – Site GZH e Rádio Gaúcha